Gwendolyn van der Velden

Licenciada pela Academia Voor Beeldende Vorming, em s ́- Hertogenbosch, com pós-graduação pelos De Ateliers, em Amsterdão.
Bolseira, por duas vezes, em 2001 e em 2004 da BKVB/ Mondrian (The Netherlands Foundation for Visual Arts, Design and Architecture) que lhe deu oportunidade de desenvolver o seu trabalho e viajar.
 
Residências Artísticas e Exposições:

2000 –  Rear Window, Ateliers, Amesterdão; 

2001 – Triptych, Residência Raid Projects Gallery, Los Angeles, USA; 

2001 – Travelogue, Orange County Center For Contemporary Art, Santa Ana; 

2002 –  Room Gallery, Rotterdam, Países Baixos; 

2009 –  Cacto\ in a Rear Room colaboração Ricardo Jacinto, Vera Cortês, Lisboa, Portugal; 

2011 – Old School at Teatro Praga, Lisboa; 

2012 –  Aproximações à Profundidade, Sala Veado, Lisboa; 

2012 –  Largo Residência e Experimenta Design Lisboa, Lisbonaire apartments;

2013 –  Jaz aqui, na pequena praia extrema, Residência de artistas da Galeria ZDB que termina com a exposição colectiva, curador Natxo Checa, Lisboa; 

2014 – Van hier naar daar/ From here to there/ Daqui para ali, Espaço Arte Tranquilidade, curadora Maria do Mar Fazenda, Lisboa; 

2014 –  De experiment tafel\A mesa das experiências a edição de artista, Atelier Real; 

2014 –  Uma prática necessária, intervenção, curadora Antonia Gaeta;

2015:  What separates us, brings us together Casa de Independente;

 2016:  you are not listening, Bairro Intendente em Festa; 

2017 –  Meet me in the middle 1, performance, Festival Trampolim Gerador, Lisboa; 

2017 –  Meet me in the middle 3, festival Aleste, Teatro Municipal Baltazar Dias, Madeira; 

2017 –  NOT AN ISLAND, Casa Independente, Lisboa; 

2019 –  Estar em Casa, teatro Sao Luis Lisboa, curadora Anabela Mota Ribeiro e André Teodósio; 

2021 –  PARACHUTE VERÃO, Antonia Gaeta.