Artistas da residência

Artistas do Programa de Residência e do Programa Externo de Tutoria e Acompanhamento de Projetos

EarthR

Agosto 2022
Em residência

EarthR é uma dupla de artistas que combina escultura + pintura, ecologias + outsider art, arte queering + arte popular. Focamo-nos em trazer um elemento de utilidade à nossa prática artística enquanto mantemos um diálogo em torno da utilidade na arte. Estamos a tentar fazer a ponte entre a escultura e a pintura. Estamos a procurar a ligação entre écologie e outsider art enquanto, Queering art através de raízes populares, a fim de eliminar fronteiras e criar espaço para novos movimentos.

Show Details

Rita Borralho Silva

Julho 2022
Em residência

"A minha prática artística surge de uma abordagem poética sobre a linguagem, a memória coletiva, o som e o símbolo, que se revela numa série de ações, instalações, coreografias e leituras performativas. Gosto de me descrever como poeta, investigadora visual e performer, sendo que o meu trabalho parte geralmente do meu corpo, da sua memória e das várias metáforas que surgem da realidade"

Show Details

Leonor Neves

Julho 2022
Em residência

"Interessa-me, pois, explorar a ideia de paisagem enquanto experiência total, sensorial, enquanto coisa que nos envolve e da qual fazemos parte, e não enquanto campo de contemplação. (Apesar do termo remeter, na sua génese, para coisa a ser olhada). Também por esta razão, os desenhos carregam consigo um forte sentido háptico e atmosférico. Interessa-me igualmente a ideia de desenho enquanto continuidade."

Show Details

Haile Binns

Junho 2022
Em residência

Haile Binns é uma Artista Americana Jamaicana, nasceu e cresceu em Nova Iorque. Cria as suas obras a partir de materiais existentes em cada novo contexto de trabalho. O seu processo artístico é uma filosofia de transformação por assemblage. Interessa-se por questões relacionadas com as diferenças raciais e económicas, o género e a diáspora africana. A artista trabalha com objetos naturais e encontrados, com os quais transforma as suas descobertas em esculturas, criando mapas com as suas composições. Durante a residência, Haile irá explorar temas relacionados com a água, a memória, beleza e luz recorrendo ao papel artesanal que faz no estúdio.

Show Details

EM BREVE

Jemma Rose

Setembro 2022

"Durante a minha residência na RAMA, gostaria de continuar a trabalhar num corpo de trabalho que desenvolvi no final da minha licenciatura. O projecto, intitulado 'To Know Making', está centrado na exploração da materialidade e beleza dos meios e suportes usados na criação artística, alguns em desuso. O meu objectivo é colaborar com outras/os artistas na residência, discutindo e conhecendo o modo como cada artista faz o seu trabalho, e o que motiva o seu processo. Gostaria de aprofundar a ideia da/do artista como parte integrante do seu trabalho, e como o uso do movimento e do gesto informa o seu processo."

Show Details

Dana Melamed

Considero-me uma artista nómada: Ao mudar-me do Médio Oriente para os EUA e ao viajar muito, fui influenciado pela história, culturas, seus habitats naturais e métodos únicos de processamento de materiais locais.
O meu trabalho retrata a luta de poder entre as pessoas e o ambiente. “Nature, engineered” é uma série de desenhos e tecelagem de materiais fabricados e naturais em papel artesanal. Utilizo matérias-primas locais - uma flor cultivada em África, componentes eléctricos, algoritmos e sequências de genoma dos EUA - todas tecidas nas fibras naturais do papel. As minhas esculturas combinam Cholla (carcaça de cacto dos desertos do Novo México) e componentes informáticos - todos reintegrados na natureza e recuperados por ela.
...A Residência RAMA oferece uma oportunidade única de investigação sobre a vida vegetal, história e arquitectura da região - e a relação holística da cultura local com a natureza.

Show Details

PASSADO

Anne Beffel

Junho 2022

"As Tangible as Waters Running Through Us and as Possible as Sky" As minhas práticas de pintura e fotografia são fundamentadas na meditação associada a caminhadas: prestando uma atenção cuidada à informação sensorial à medida que esta surge. Estas práticas são equilibradas com o meu estudo da arte e neurociência influenciada pelo budismo, e da Ecologia Queer. Exploro ligações entre percepção e capacidades essenciais para enfrentar as crises climáticas e sociais... Espero explorar os factores ambientais e culturais que fizeram nascer a actual cultura portuguesa de direitos cada vez mais igualitários para a comunidade LGBTQIA+.

Show Details

Carola Ruf

Maio 2022
Em residência

As questões sobre percepção e comunicação individual e culturalmente condicionada estão no centro do meu trabalho artístico. Neste contexto, crio desenhos, objectos, instalações, bem como fotografias com intervenções de pintura. O livro de José Saramago "Viagem a Portugal" inspirou-me a fazer a minha própria "imagem" dos lugares visitados pelo viajante na sua narrativa. Gostaria de me referir artisticamente aos locais Dois Portos, São Quintino, Arruda , Vila Franca de Xira e Torres Vedras, que se encontram nas imediações da RAMA e são mencionados no relato de paisagem e cultura de Saramago.

Show Details

Catarina Gentil

Maio 2022

“A casa como corpo, o corpo como casa”.
Abrigos, tendas, cabanas, apartamentos, vivendas… onde existem pessoas, existe a casa. O lar é tão essencial à existência humana que poderíamos dizer que são a extensão um do outro. Que a separação entre estes dois conceitos não existe. A casa é tanto tijolos e telhas, quanto memórias e sentimentos.
O meu trabalho desenvolve-se a partir de inspirações que surgem de uma observação cuidada da vida quotidiana em casa e materializa-se na utilização de materiais e objetos inspirados ou encontrados nesse ambiente, como louça, móveis e toalhas de mesa.

Show Details

Alli Conrad

Abril 2022

“As minhas pinturas encontraram um tema constante e sublinhado de seres humanos com cor e identidade. A cor pelo seu poderoso simbolismo, utilizo-a para comunicar emoção e disposição. Os meus trabalhos manifestam-se através de figuras humanas que são abstratas, lineares e coloridas, criadas a partir da imaginação, experiências, e longos períodos de reflexão. Através da imaginação, curiosidade e mistério do passado, as minhas obras transportam através da evolução das tendências culturais que retratam o passado como não fixo e inalterado, mas ligado ao momento presente."

Show Details

Rita de Sá

Março 2022

“ As obsessivas pinturas de Rita de Sá fazem-nos refletir sobre o estado dessa relação na pintura contemporânea na medida em que é difícil de definir se se apresentam como representações ou se podemos colocá-las simplesmente no território da abstração. E isso prende-se com uma das suas características fundamentais: mais do que representar alguma coisa, elas parecem ser o resultado de um movimento lento, um processo de incrustação de formas que, no limite, é uma metáfora da própria história da pintura.” Celso Martins

Show Details

Isabel Dantas dos Reis

Março 2022

"...tem desenvolvido projectos criativos pessoais, centrados essencialmente nas ausências e na memória. Passou uma boa parte da última década em investigação através da vivência de experiências e enriquecimento pessoal. Para tal, assentou residência noutro país, onde fez questão de se integrar ao máximo na comunidade local. Viajou, tanto dentro desse país, como fora dele. Viajou, essencialmente, para dentro de si mesma. Retornou recentemente a Portugal, onde continua a trabalhar a memória: sua e alheia. A um período de vivência e processamento de experiências, segue-se uma natural necessidade de ação criativa, sob a forma de desenvolvimento de ideias e conceitos entretanto amadurecidos."

Show Details

Gwendolyn van der Velden

Fevereiro 2022

"São precisas duas perspectivas para fazer um retrato. Uma que vê e registra e outra que se vê a ser vista. Num processo de projeção de identidade e expectativas, a imagem que se revela tem duas origens. Este processo e este momento interessa-me muito. Pela sua vulnerabilidade e pelo que expõe, especialmente num momento onde vamos ficando mais dessensibilizados ao que nos dizem os rostos des outres. Tenho pensado e trabalhado sobre a interseccionalidade aplicada à situação da mulher. Na primeira temporada que passei na Maceira, a história das mães que fundaram uma escola fez-me querer saber e procurar as pessoas da comunidade. Nessa procura registrei os retratos de quase todos os habitantes da aldeia. Agora regresso para pesquisar como podem estas imagens destas pessoas transformar-se num objeto expositivo que nos faça questionar sobre o que diz um rosto numa altura onde vamos perdendo a capacidade de reconhecer nele humanidade, onde só os vemos se nos virmos a nós."

Show Details

Tania Urvois

Fevereiro 2022

Os tópicos de interesse são ciclos e redes ecológicas, noções de sucessão, simbiose, entropia, inteligência vegetal e as suas aplicações em biomimética, ecologia urbana, permacultura, jardins comestíveis, re-construção, fungos e remediação vegetal; práticas interdisciplinares tais como transferências tecnológicas e colaborações Fab-Lab; mitologias e cosmologias de primeira cultura tais como o tempo do Sonho Aborígene Australiano; o funcionamento das nossas vidas interiores: o subconsciente, as emoções, memórias, sensações e a sua evolução juntamente com as nossas construções mentais eureka! momentos de perspicácia. Na Rama, proponho aprofundar a investigação deste último tema através da pintura e de outros meios de comunicação."

Show Details

Conceição Abreu

Fevereiro 2022

"Com sentido háptico, a partir de estímulos táctiles e cinestésicos, investigo espaços de inter-relações entre o corpo e o espaço, a exterioridade e a interioridade, o presente e a memória. Ligações que são geradas na duração da prática, que é realizada no tempo que é o momento presente, mas que é, simultaneamente, transitório. Crítica à conduta antropogénica com a qual temos vindo a viver a nossa relação com o meio envolvente, objetiva-se o meu trabalho na criação de novas geografias materializadas em desenhos, objetos ou imagens em movimento. Registro ou vestígios que resultam da mistura ou da “penetração recíproca” (Emanuele Coccia, 2013) entre aquelas dicotomias."

Show Details

Maria Fradinho

Fevereiro 2022
Em residência

"O sentido de corpo e viagem estão fortemente presentes no meu processo: há cerca de um ano enraizou-se o ato de caminhar regularmente, o que me permite explorar diversos locais, paisagens e movimentos. A ação de caminhar e a topografia influem na conexão entre o Ser e o Lugar, as ocasionalidades do ser caminhante e a partilha inerente aos lugares frequentados por aqueles que os descrevem fazem parte e enriquecem esta experiência. Cada território, atendendo às suas diversas tipologias (natural ou urbano) intui uma atenção específica e diversa. Esta atenção encerra em si uma descoberta e potencia um olhar muito próximos do olhar da criança sobre o mundo, pela novidade e disponibilidade eminentes no caminhar e nas impressões que dele ficam."

Show Details

Silvana Mammone

Fevereiro 2022

Silvana Mammone é encenadora, escritora e artista vocal com formação em literatura comparada e dança contemporânea. O seu interesse actual reside em vários modelos de arte imersiva e de arte em público, nos quais o som e a voz desempenham um papel fundamental. O seu último projecto, um passeio sonoro imersivo num jardim botânico sobre a inteligência e a comunicação das plantas, contou com a participação de quinhentas pessoas. Estudou e praticou várias técnicas de sensibilização e meditação para as incluir na sua prática artística e metodologias. É movida por questões que giram em torno de noções e pontos de vista biológicos, filosóficos e culturais relativamente à distinção mente/corpo dentro da cultura ocidental. Esforça-se para criar arte que aborde de forma diversa o nosso desejo humano de conexão e muitas vezes o faz alimentando e misturando a curiosidade artística e científica.

Show Details

Yoav Goldwein

Janeiro 2022

Urbanista multidisciplinar, antropólogo, e fotógrafo que iniciou uma viagem nos últimos anos para explorar formas alternativas de vida. Na minha viagem toco muitos aspectos da vida e um amplo espectro de pontos de vista para chegar a uma compreensão mais profunda da vida neste planeta. A minha mais recente exposição sobre esta investigação - "Home - Between a Shelter and a Cage", surgiu a partir das histórias de personagens únicas que conheci e da sabedoria dos filósofos modernos, e representou o meu primeiro grande passo como artista e curador.

Show Details

Venla Helenius

Janeiro 2022

Venla Helenius (1989) é uma artista visual, vive e trabalha em Helsínquia e Berlim. Helenius trabalha com vídeo, fotografia e instalação no contexto da arte contemporânea. As suas obras tomam a forma de instalação audiovisual nas quais observa a humanidade como parte de continuidades ecológicas e culturais mais vastas. As obras de Helenius têm sido apresentadas em galerias, museus e locais de arte performativa na Finlândia e noutros locais da Europa. As suas obras têm frequentemente uma premissa sensível ao local, e a narrativa das obras combina o seu interesse em relacionar a narrativa ficcional com a narrativa documental. Atualmente procura encontrar formas de contar histórias metaficcionais. Está interessada em processos de ficção e imaginação ativa. As questões essenciais para o seu trabalho são: Que tipo de corpos e formas de ser dominam a nossa imaginação?  Que relações éticas estabelecemos com estas fantasias?

Show Details

Ana Luísa Ribeiro

Novembro 2021

"... Uma característica notável no método de Ana Luísa Ribeiro é o seu trabalho sobre a forma como lemos e vemos imagens, registando os leitores de sublinhados e marginais (ou será ela própria?) criados como sinal de particular interesse por uma obra e o seu conteúdo.
Mesmo quando somos irresistivelmente atraídos para estas pinturas pela sua harmonia cromática e pelo fascínio intelectual que sentimos pelas peças a que se referem, o facto de a pintora apenas retratar fragmentos (de imagens e textos impressos ou manuscritos) indica o lúdico distanciamento que ela quer trazer para o seu trabalho. Nunca estamos a olhar para imagens simples, mas sim para leituras de segundo e terceiro graus delas.

João Pinharanda em "Marginalia", catálogo da exposição, Lisboa 2012

Show Details

Inês Ferreira-Norman

Novembro 2021

"O que procuro, nesta residência, é através do regresso ao desenho, às filmagens, e ao registo fotográfico, usando intervenções "no terreno" que me permitam pôr as mãos na terra e na água, e da recolha de conteúdos antropológicos, encontrar uma metodologia para a elaboração de uma obra a longo termo dedicada à água. Esta obra pretende ser sempre baseada na recolha de amostras de água e solo dos sítios que visitarei ao longo da minha vida, e a metodologia pretende alcançar uma forma de sintetizar, ou processar, ou apresentar, a fenomenologia do lugar, o conteúdo biológico das amostras e aspetos antropológicos pesquisados, descobertos, observados."

Show Details

Beatriz Neves Fernandes

Novembro 2021

"A água é parte integrante do meu imaginário artístico,..., um corpo de trabalho multimédia centrado não só nas qualidades estéticas deste elemento, entre as quais a transparência e fluidez, mas também focado na intenção de estabelecer um registo pictórico-metafórico do processo de criação artística, que entendo como um percurso aquático da osmose do interior para o exterior, o transporte da ideia para a matéria através do impulso criativo. A água enquanto fluxo primordial de criação e fertilidade, um meio de transporte de nutrientes e ideias que se edificam na matéria, desde o solo à obra de arte."

Show Details

Catarina Gentil

Novembro 2021

“A água tem aproximado as pessoas desde o início da humanidade (…). Água é ligação. Conexão. Comunicação. Continuidade. Comunidade. É um mapa, uma rede que sustenta tudo, que segura e conecta o mundo, que liga continentes e consequentemente, pessoas. E as fontes, mais do que água, trazem pessoas. (…) Água é uma matéria maleável e com imenso significado simbólico... a sua manipulação, transformação (…) e a produção final de esculturas e instalações com o objetivo de (...) Colocar em evidência, de uma forma artística e poética, estas mesmas ligações que de outra forma seriam invisíveis e abstratas”

Show Details

Ângela Dias e Maria João Gromicho

Outubro 2021
Em residência

"Passando o projecto “Raíz Solar" pelo ambiente e contexto proporcionado pela RAMA-Residências Artísticas, pretendemos aprofundar a nossa prática, confrontar o nosso propósito sobre o olhar, apreciação, acompanhamento e desafios da Residência, para atingir novos caminhos... Este projecto feito a duas pessoas pretende construir uma exposição de desenho e de pintura em torno de um certo significado do sentido de Vida. Um sentido de Vida Humana com as suas interacções com a vida natural, animal, social e afectiva no seu mundo pessoal como universal."

Show Details

Elizabeth Langford

Outubro 2021

"A minha prática é site specific, deixo que o ambiente se integre no processo convertendo-o no próprio trabalho. Para a residência, gostaria de passar os primeiros 5 dias na paisagem, durante o qual investigarei o local, condições - clima, geologia e vida vegetal. Vou registar as minhas observações, e depois passar alguns dias a analisar as minhas descobertas no estúdio durante o qual eu pretendo desenvolver ideias. Perante o lugar que vou encontrar, imagino que muito do trabalho será feito em colaboração com o meio envolvente. Aguardo com expectativa a possibilidade de desenvolver um pigmento único para a RAMA."

Show Details

Gwendolyn van der Velden

Outubro 2021

"Nesta residência pretendo desenvolver a forma de apresentar um trabalho em processo, a minha colecção de conversas com mulheres e as suas experiências sobre interseccionalidade, os padrões e as suas relações geográficas, sociais, culturais e históricas. Retratando-as e gravando as nossas conversas, convidando-as a fazerem parte de um registo visual dos múltiplos padrões que dizem respeito à interseccionalidade das mulheres.
A ideia é colocar este processo no contexto de 3 performances, utilizando o espaço de trabalho como um palco experimental, onde possa desenvolver uma poderosa afirmação visual.
Os dias 10, 24 e 31 de Outubro são dias de apresentação do espectáculo em curso, que pode ser assistido e participado pelo público, por convite e por inscrição."

Show Details

António Bokel

Outubro 2021

"Através de pesquisas do dialogo entre o homem, natureza, tecnologia e a “Nova Normalidade”. Venho por meio desta proposta restabelecer uma viagem de afetos e desafetos culturais entre duas culturas, Brasil e Portugal, países que estão ligados por uma longa história de relações e choques culturais. Pretendo promover e questionar o melhor dessa longa e necessária troca, sendo um porta voz da miscigenação cultural e de uma ancestralidade quase extinta pelo sonho de um progresso deturpado."

Show Details

Franka Struys

Setembro 2021
Em residência

“Conectividade” ... estar na natureza é essencial para mim. Mais em particular, estar na costa atlântica, a minha área de residência e trabalho. As falésias, as praias, o mar, o vento, o sol. Sentir e desfrutar o poder dos elementos, a ligação com a natureza. Abandonar o pensamento racional. Encontrar equilíbrio, harmonia e ritmo. Nas minhas pinturas procuro comunicar estas experiências e sensações por meio da simplificação, abstrações orgânicas, cores, materiais. Recentemente comecei a fazer experiências com pigmentos minerais recolhidos nas falésias da praia, e outros materiais naturais, para aprofundar as possibilidades da pintura.”

Show Details

Sofia Castanheira

Agosto 2021

" Através da cerâmica, do desenho, da fotografia e da performance pretendo continuar esta exploração do Ser, de mim, do que é o existir no seu estado mais básico. Contando claro com o contacto com outros artistas, acredito que será extremamente benéfico fazer parte duma experiência de inter-crescimento, aproveitando para conhecer uma aldeia onde a natureza continua a ser o ponto de maior destaque e admiração, tendo também deste modo a possibilidade de conhecer gente que convive diariamente com este ambiente... durante o meu tempo na RAMA pretendo desenvolver um trabalho que tenha em si a liberdade de me desenvolver em simultâneo."

Show Details

Jéssica Gaspar

Julho 2021

“…todo o meu trabalho tem como base uma profunda conexão com a natureza, florescendo a partir do trabalho de campo e de interação com a mesma, da observação dos seus ciclos de crescimento e da passagem do tempo sobre as formas orgânicas. Procuro explorar as dinâmicas próprias de diversas matérias como os líquenes, fungos, a água, o fogo, o fumo e a luz, trabalhando a par com instrumentos de captação de vídeo e de som de forma a conseguir absorver parte dessa essência orgânica e transporta-la para o interior do espaço de exposição, criando peças mais envolventes e que estimulem diferentes sentidos.”

Show Details

Claudia Lima

Julho 2021

“a luz que o transforma em teatro de seres, totémicos ou antropomórficos por vezes, que surgem com uma densi- dade, um peso, uma ameaça que a sua estrutura e constituição material desmente, mas que o olhar e a imaginação a ele ligado vai confirmando.”

José Luís Porfírio

Show Details

Ana Caetano

Junho 2021

"...pretendo ir ao encontro da essência, abrandar, escutar, sentir, trabalhar o TEMPO de outra forma envolvendo-me o mais possível com a NATUREZA e os seus ritmos...tenciono usar o meu CORPO e o espaço que o rodeia, bem como o MOVIMENTO de um e de outro, para uma exploração plástica, criar IMAGENS, vídeos. Corpo e natureza em movimento, no tempo. Ou será movimento do tempo no corpo e na natureza?"

Show Details

Sean Negus

Julho 2021

“Hauntology & Ephemera(l) Saudades: A Transmedia Poetic of the Archive" é um projecto artístico transdisciplinar que explora as influências de Po.Ex, com especial atenção para a relação das artes visuais com a poesia. A experimentação radical e a ausência de limites das suas abordagens artísticas inspiram as minhas próprias abordagens. Como artista, estou também interessado no conceito "bricoleur" definido por Jacques Derrida onde cada instrumento é um aliado potencial no acto criativo. As minhas experiências com vários meios e a minha ambição de transcender e esbater fronteiras são uma parte central da minha prática."

Show Details

David Correia Gonçalves

Dezembro 2020 - Junho 2021

“Ardor interior, febre de partir”, Provérbio Berbere. "...procuro um espaço para me focar. Concentrar. Um lugar que ao invés de receber, de impor imagens criadas por alguém - cartazes, publicidade, semáforos com fachadas como fundo, posso me relacionar com o mais Natural, o menos tocado. As pedras, a geada, a noite, o não ter que subir escadas ou aproveitar elevadores para me deslocar verticalmente. Tempo. O que sairá daqui? Destas dinâmicas concentradas num espaço e tempo ? As coisas boas não têm nome. "

Show Details

Duarte Filipe

Abril - Junho 2021

“…partilhar conhecimentos entre os artistas será essencial, e o que eu posso também contribuir para esta comunidade, para estruturar e desenvolver novas ideias, moldar a matéria para novos projetos e possibilitar o ato de criar…”

Show Details

Stefanía Ólafsdóttir

Março 2021

“Pretendo continuar a explorar o meu trabalho de instalação, criando um mural em diálogo com o ambiente local, um projeto colaborativo em que os meus co-criadores são não humanos. A recolha de água de fontes locais irá contextualizar o mural com os recursos naturais. Uma investigação sobre a intersecção da água que uso para imprimir, o meu corpo e as comunidades humanas. Na RAMA estou particularmente interessada em estar no campo, perto da natureza, mas trabalhando entre paredes de edificação humana. Procuro explorar esta fronteira entre povoamento humano e natureza, este ecótone, na esperança de contribuir para a narrativa com a qual podemos avançar para o futuro."

Show Details

Patrícia Timóteo

Novembro 2020 - Maio 2021

"...continuar o trabalho, relacionado com colagem, desenho, impermanência expositiva. A concentração (imersão), decisão, economia de gesto, são outros assuntos que eu estimo e quero continuar a trabalhar. Neste tempo de residência procuro aprofundar a habilidade de escuta …torná-la mais e mais…precisa. Desejo ainda que esta reflexão - treino nos traga novas impressões, a todos, na partilha com outros artistas, curadores, colaboradores da RAMA e com a comunidade local. O local, o silêncio e a natureza envolvente de Maceira transmitem-me quietude para trabalhar."

Show Details

Elsie Phipps

Fevereiro 2021

“Estou atualmente a trabalhar com algumas fotografias do Aqueduto das Águas Livres tiradas por Diogo Saldanha porque penso que transmitem algo de especial, quase sagrado, sobre o interior oculto destas estruturas construídas sem qualquer objetivo grandioso senão o de transportar água através da paisagem. Há algo de corpóreo na forma como a arquitetura move a água que sustenta a vida e eu gostaria de usar isto para explorar a forma como nós, por nossa vez, nos ligamos à paisagem."

Show Details

HElena Valsecchi

Outubro 2020 - Fevereiro 2021

"Por meio duma reflexão sobre a pintura, vista de forma ampliada e incluindo a instalação pictórica e, nela, fenômenos físicos como sombras e reflexos, investigo as dimensões de vida / morte / sagrado / memória mediante a retórica do duplo, e a sua vivência no contexto contemporâneo. Durante a minha residência na RAMA, pretendo aprofundar estes assuntos na dimensão local, através duma investigação específica sobre a museologia e a história da região."

Show Details

Diogo Magro Viegas

Outubro 2020 - Fevereiro 2021

“O meu trabalho consiste na recriação de objetos naturais ou fabricados, proporcionando conceitos de apropriação de elementos que consideramos uma exceção às nossas práticas, cuja abordagem tóxica e propensa a oprimir, revela um sentimento de estranheza e desconexão no nosso habitat. No projeto da RAMA, pretendo integrar-me num contexto mais ambientalista, recorrendo à minha convivência com um território desconhecido, que poderá resultar em diferentes formas de agir e pensar.”

Show Details

Silvia Pallini

Setembro 2020 - Janeiro 2021

“Vejo a natureza como um lar, um ser único, uma unidade, indivisível, ... na RAMA, com o território entendido como natureza, artesãos e agricultores, poder desenvolver e criar materiais como tintas e carvão e outros produtos naturais derivados do processo agrícola que possam ser reutilizados na pesquisa pictórica”

Show Details